Notícias

  • Abr

    26

    2018

Dicas para aumentar as vendas da sua Empresa

Por Marisa Adán Gil, de Foz do Iguaçu (PR), para Pequenas Empresas, Grandes Negócios

 

Um dos segredos das empresas varejistas que não param de crescer, nem mesmo em tempos de crise, é criar processos bem resolvidos, que interligam todos os departamentos da empresa e são aprimorados a cada dia.

Segundo Márcia Sola, diretora de pesquisa para o varejo do Ibope Inteligência, não dá para ter sucesso sem que todas as áreas da empresa estejam conectadas por processos inteligentes. “Não é fácil. Não é rápido. É caro, é doloroso, e mexe com a zona de conforto de executivos e funcionários. Mas é necessário.”

A especialista falou durante a terceira edição do Simpósio Nacional de Varejo e Shopping, evento de quatro dias realizado pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping) no Wish Resort Golf Convention, em Foz do Iguaçu (PR), no primeiro fim de semana de abril. Confira abaixo as dicas da especialista para alcançar crescimentos de até dois dígitos, mesmo em tempos de retomada lenta da economia.

 

1. Mantenha o foco

Com um mercado consumidor cada vez mais fragmentado, em que as pessoas se dividem em grupos de acordo com suas paixões, é fundamental que o empreendedor identifique seu nicho e foque apenas nele. “Não faz mais sentido caracterizar o público-alvo como mulheres da classe B, entre 24 e 44 anos. É preciso saber muito mais do que isso”, diz a especialista. “O mercado se expandiu tanto que, se o varejista demorar para identificar corretamente seu segmento de atuação, corre o risco de perder terreno para um concorrente mais ágil.”

 

2. Melhore os processos

“No mundo de hoje, não é possível crescer sem que a informação circule pela empresa em fluxos organizados, dentro de processos inteligentes e flexíveis, que são melhorados dia a dia. Muitos gerentes têm dificuldade para se adaptar a esse tipo de mudança, querem continuar fazendo tudo como era no passado. Mas não existe futuro para o varejo sem o gerenciamento de processos.”

 

3. Trate muito bem seu cliente interno

“O primeiro cliente que o varejista precisa conquistar é a sua própria equipe. Um time feliz trata bem o cliente que entra na loja, converte mais visitas em vendas e faz sua marca brilhar. Já os funcionários infelizes derrubam a empresa. Não adianta fazer um esforço gigantesco de marketing para ver o trabalho ser derrubado pela própria equipe. Ou alguém aqui consegue imaginar um vendedor da Apple desanimado. Uma equipe engajada vende a marca, transpira a marca.”

 

4. Seja honesto e transparente

“A ideia de que brasileiro gosta de levar vantagem em tudo está morta e enterrada. Ninguém mais aceita propaganda enganosa, produto de má qualidade, ou ser maltratado por um estabelecimento. No passado, um cliente infeliz comunicava sua insatisfação para quatro pessoas. Hoje, são 4 mil. Você pode levar anos para construir uma marca e vê-la ser destruída em questão de minutos.”

 

5. Persiga a inovação

“Não se trata apenas de ir atrás das últimas tecnologias. Trata-se de encontrar formas mais rápidas e eficientes de fazer as mesmas coisas. A criatividade cabe em todas as áreas da empresa. No mundo dos negócios, ou o varejista vai para frente, ou fica para trás. Não adianta colocar a palavra inovação no slogan. O conceito tem que ser praticado no dia a dia, do topo da hierarquia até a base.”